Europa Noruega Cruzeiro pelos fiordes da Noruega

Cruzeiro pelos fiordes da Noruega

Navio Vesteralen Hurtigruten Cruzeiro Fiordes Noruega

A Noruega acumula a fama de ser um país frio, terra natal dos vikings e dos fiordes. Bem, os vikings não estão mais lá, mas vale muito a pena esticar a viagem lá para o cucuruto do mundo e embarcar num cruzeiro pelos fiordes noruegueses – é uma experiência completamente diferente de qualquer outro cruzeiro.

Fizemos esse cruzeiro pela companhia Hurtigruten, uma empresa norueguesa que faz uma rota de Bergen (onde fica o aeroporto internacional e é uma cidade fofíssima para começar ou acabar a viagem) e Kirkenes, a alguns quilômetros da divisa com a Rússia e acima do Círculo Polar Ártico (basicamente, onde são maiores as chances de ver a Aurora Boreal ou o Sol da Meia Noite, dependendo da época em que você for). Ir pela Hurtigruten é optar pela verdadeira experiência norueguesa, e aqui eu explico melhor como as rotas funcionam.

Quando ir:

O cruzeiro rola o ano inteiro, mas obviamente algumas épocas do ano são mais interessantes: em julho e agosto, no alto verão, quando você tem a chance de pegar dias de sol e ver o sol da meia noite (eu vi e contei aqui: é espetacular, mas é também de deixar o relógio natural doidinho, porque o nosso sono fica todo desregulado). Mas quem quer ter mais chances de ver a Aurora Boreal deve marcar a viagem em são setembro, outubro ou março (quando há mais chances do céu estar limpo).

Este site mostra as previsões e probabilidades de se ver a aurora boreal nas cidades norueguesas – as melhores cidades para ver são Tromsø, Kirkenes e Ilhas Lofoten.

Embora o capitão do navio em que eu estava me garantiu que dá para ver do deque do barco também! 🙂

 

O que fazer:

O Hurtigruten oferece uma série de passeios (que podem ser contratados previamente ou na hora) nas cidades em que eles param. Há, ainda, a possibilidade de pernoitar em uma das paradas e seguir em outro navio – mas saiba que você tem que fazer todas essas reservas com antecedência. Os passeios variam com a época do ano, mas permitem explorar mais a paisagem, já que as paradas em cada porto podem ser bem curtinhas.

Foto tirada durante uma das paradas em Ålesund.

Se der para fazer, eu acho que vale a pena: é um extra que se torna uma experiência bem legal, e há atividades mais esportistas (pesca, passeio de snowmobile, etc) ou mais tranquilos, de ônibus. Eu fiz dois passeios, sendo que um deles foi para ver de perto a Lapônia e o Cape North, o ponto mais ao norte do país. Esse passeio ainda incluia uma vista dos fiordes e conhecer perto pessoas do povo Sami (e, bônus, ver uma rena de verdade!)

Você pode ver todos os passeios oferecidos pelo Hurtigruten aqui.

Quanto tempo ficar:

O cruzeiro mais curto dura 6 dias (só a perna de Kirkenes a Bergen) e o mais longo, 12 (ida e volta, o trecho completo). Minha dica: considere esticar uns dois dias em Bergen, seja na ida ou na volta do cruzeiro. A cidade é uma gracinha!

 

Eu confesso: estou devendo ainda vários posts dessa viagem e vou atualizando esta página à medida em que eu for publicando, mas se precisar dá uma olhada nos posts aí em baixo ou me escreve na caixa de comentários, se tiver alguma dúvida!!! 🙂

 

Veja todos os posts sobre a Noruega aqui:

Como é estar sob o sol da meia noite na Noruega

Embarcamos no Hurtigruten – o mais norueguês dos cruzeiros da Noruega

Uma parada na Lapônia: Terra das renas e dos samis

[vc_message message_box_color=”orange” icon_fontawesome=”fa fa-plane”]Check list para organizar sua viagem: Precisa se hospedar em alguma cidade antes, durante ou depois do cruzeiro? Veja os melhores hotéis em Bergen, Kirkenes, Tromsø e Trondheim. Sabia que viagens para a Europa exigem seguro? Clique neste link e garanta o seu com desconto de 15% Explore as cidades nórdicas alugando seu carro em reais e parcelando em até 12x sem juros Reserve o seu cruzeiro diretamente com a Hurtigruten[/vc_message]