Sou particularmente fã de montar minha própria viagem. E, em quase todas as vezes em que saí por aí,  a responsabilidade pela parte  logística é minha. E eu até prefiro. Fico assim com o gostinho e a liberdade de dar minha cara à viagem, e ainda economizar dindin na hora do planejamento. E por isso que fico sempre à procura de novos sites para pesquisar passagens e hotéis mais baratos.

 

Foi numa dessas que eu fui apresentada à Zupper, um buscador de viagens (como ele mesmo se intitula).  A proposta do site é, entre outras coisas, a venda de passagens com preço diferenciado.

Mas na minha opinião o site tem algumas ótimas vantagens que a gente não percebe à primeira vista. Por isso, vale a pena dar uma fuçada.

A primeira é o visual mais amigável ( e não, não tem nada a ver com o passarinho que torna a coisa mais cuti-cuti). Acho que, de forma geral, as informações são bem organizadas dentro do site, e de cara você já percebe uma penca de informações interessantes. Os resultados das pesquisas são dados através de uma interface gráfica, o que facilita de cara saber onde tá mais barato que onde, quais dias…

 

O que nos leva a segunda vantagem: a experiência de compra é rápida.

Sim, porque viajar é bacana, mas ficar pesquisando passagem, uma por uma, com todas as variáveis possíveis de destinos e datas para tentar achar o melhor preço… é um saco, não?


E aí você ainda facilita a busca logo na home do site: tem busca só por fim de semana (achei ótimo isso), por feriados (melhor ainda), só por datas flexíveis e muito flexíveis (ótimo para quem quer planejar para marcar as férias com antecedência, e de quebra ainda aproveitar as melhores condições de passagem).

Ou seja, viajantes compulsivos já podem deixar as viagens de um ano marcadas. Mas sem ficar fazendo busca por busca pra isso!


Uma outra funcionalidade que achei interessante – como a pobre mortal que sou, cuja vontade de viajar é inversamente proporcional ao meu bolso – é a busca de viagem por limite de preço. Você marca o valor máximo que está disposto a pagar dentro do seu orçamento, o mês e os dias, e o sistema busca para você passagens que se encaixem naquela faixa.

Bom para quem está planejando uma viagem e tem que estabelecer certinho o valor para passagem (que, dependendo do lugar, é o mais caro da viagem).

 

Agora, o que eu mais gostei foi isso aqui: “Experiência Desejada”

Clicando ali, você escolhe o tipo de destino que você quer (entre as deliciosas opções de Praias, Capitais, culturais, românticas, ski – todas com opções aqui e lá fora), e o máximo que você quer gastar (quer pagar quanto?)..

E aí, é só marcar as datas da viagem que você quiser, e deixa o site escolher para você a melhor opção. Ótimo para quem quer deixar a vida te levar, curtir uma coisa bacana dentro da melhor condição possível, e não se estressar com uma penca de janelas abertas para pesquisar.

E o resultado que sai é mais ou menos esse, olha só:

Coloquei destinos de praias para o mês de fevereiro, e ele me deu todas as opções disponíveis para eu poder tentar a sorte de resgatar minha morenice perdida em alguma praia do Nordeste.

Resultados de pesquisas em gráficos: definitivamente, curti!


E quanto ao slogan do site “Voar é um barato!”. Os preços ali são mais baratos mesmo?

Bom, não dá pra afirmar, mas nessas brincadeiras de fazer pesquisa, eu até que vi umas vantagens sim! Como disse, vale a pena a fuçada!

 

Mas, vamos, então, só num exemplo, só para ver se a coisa procede…

Resolvi orçar uma passagem Rio – Bangkok (Tailândia) – Rio, com saída na primeira semana de abril e volta na primeira semana de junho. Ou seja, lugar longe, mas em baixa temporada, com “ene” opções de combinações de voos… Então vamos ver no que dá…

E eis que a Zupper me retornou os seguintes resultados: arrumadinhos, e os preços mais em conta marcados em amarelo. Facim, facim de me achar nos preços. De fato, procede aquela teoria de que a forma de exibir valoriza o conteúdo.

Fiz a mesma coisa com outros agregadores de viagens, de quem já comprei algumas vezes… E a busca retorna, mas não com essa opção de dias… Eu teria que fazer a pesquisa mais vezes. E perder tempo para tentar economizar dinheiro, quando se pode ficar com ambos.

 

Atendimento: O Fator Principal

A proposta do site é um atendimento personalizado, humano, próximo – o que eu, particulamente, acho fundamental numa empresa que não vende serviços, e sim sonhos (e qual a viagem que é menos do que isso).

Então, um dos pontos principais que o Zupper prega é o atendimento, que pode ser feito por chat, por skype, ao vivo, pelo Facebook, pelo twitter

Acho uma ótima, porque você tem mais segurança de saber que existe canais de contato com a empresa para o caso de algum problema – especialmente se você está lá fora, por exemplo. Não acho nada mais desrespeitoso com o cliente do que comprar em um site e, quando você precisa de ajuda no caso de um problema, não tem nenhum telefone para você ligar, ou chat, ou nada… Você conversa com uma secretária eletrônica ou manda um e-mail para o além, na esperança de ser respondido. E isso vale para qualquer empresa…

 

Enfim, achei a proposta do site válida e interessante, especialmente por facilitar a minha vida na hora de programar minha viagem (em tempo: reservas de hotéis e promoções podem ser vistas por lá também).

Para quem quiser saber mais, eis um pequeno vídeo explicando sobre a empresa. Ou acesse o site.

Enfim, gostei da proposta e indico a outros viajantes de carteirinha. Até porque, qualquer coisa que facilite ainda mais a  vida na hora de viajar é super bem-vinda…

 

Comments

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBlogagem Coletiva: #Meus7links
Próximo artigoUma breve mensagem de Natal
Sou jornalista e escritora. Eu criei esse blog como um hobby: a idéia era escrever sobre minhas viagens para não morrer de tédio durante a recuperação de um acidente de carro. Acabou que tanto o blog quanto as viagens mudaram a minha vida (várias vezes, aliás). Por isso, hoje eu escrevo para ajudar outras pessoas a encontrarem as viagens que vão inspirar elas também.

11 COMENTÁRIOS

  1. Olá Clarrisa!

    Obrigada pela visita no blog.

    Nós aqui adoramos viajar e bom saber de vc pra garimpar algumas dicas.

    Aliás, adoramos buscadores também.

    Quanto a Índia… acho mesmo que todo mundo deveria ir pra lá um dia, e se entregar.

    bjo

    • Oi, Josineide! Se você não estiver confiando muito na Zupper, uma boa pedida seria ligar para eles e conversar sobre as suas questões – eu já viajei com eles umas duas vezes e eles já me tiraram de uma enrascada muito grande. Gosto muito dos serviços deles!

    • Ruan, é sim! Comprei com eles mais de uma vez, meus pais já compraram com eles, eu já comprei com eles por telefone no exterior porque tive um problema e precisei voltar com urgência e eles salvaram a minha vida (nesse nível).
      Uma das agências/serviços que eu recomendo de olhos fechados.

  2. Só passei raiva com a Zupper. Erraram no meu processo de confirmação de passagens e não se dispuseram a resolver. Ligando na central, além de demorar no mínimo 20 minutos para ser atendida, existe total descaso com os atendente.
    Nunca mais.

  3. Só passei raiva com a Zupper. Erraram no meu processo de confirmação de passagens e não se dispuseram a resolver. Levei prejuízo. Ligando na central, além de demorar no mínimo 20 minutos para ser atendida, existe total descaso por parte dos atendente.
    Nunca mais.

    • Valquíria, eu lamento ouvir isso, e que você tenha tido uma experiència ruim. Eu confesso que eu tive excelentes experiências com eles em todas as vezes, comprei inclusive as passagens dos meus pais para o exterior por lá, e eles inclusive me salvaram quando perdi o voo de volta para o Brasil da Europa. Então fico surpresa em saber isso.

      De qualquer forma, que estes percalços não atrapalhem as viagens maravilhosas que faremos, e ainda vamoz fazer muitas…!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário! :)
Por favor escreva seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.