[show_AdSense float=”left” ad_client=”pub-9501066899733075″ ad_slot=”6562283172″ ad_width=”250″ ad_height=”250″ ]

Um fim de semana de sossego e pitadas de História

Inverno terminando, temperaturas subindo, semanas de muito trabalho. Nada como dar uma escapadinha de final de semana para esquecer do mundo e recarregar as baterias pra enfrentar a segunda-feira seguinte!

Meu destino foi o Ecoresort Chalés San Thomaz, onde estive com minha família a convite da rede Hotel Fácil. O San Thomaz fica em Belmiro Braga, comecinho de Minas Gerais (pra quem vem do Rio de Janeiro), separada da cidade de Rio das Flores (RJ) pelo rio Preto. São 2h30 de viagem, saindo do Rio, e embora o GPS nem localize Belmiro Braga e a maioria dos celulares não funcione por lá, o trajeto é bem simples: basta seguir as instruções fornecidas no site do hotel. Após Itaipava, pega-se a RJ-151 e dali por diante, paisagens bucólicas e cidadezinhas idem se sucedem.

Vista da estrada RJ151. Só a vista do caminho é um convite para descansar! Crédito da Foto: Catarina Donda

O San Thomaz é ideal para famílias – e, nesse caso a família toda! – até os pets são bem-vindos. Os chalés, espaçosos, acomodam bem um casal e até duas crianças (são quinze chalés, do standard ao mais luxuoso, que tem lareira e ofurô).

Vista do Hotel. Crédito da Foto: Catarina Donda

As opções de lazer incluem piscina, quadra de tênis, rede de vôlei, campo de futebol tamanho society, mini-golfe, pedalinho, pista para caminhada, uma mini-trilha ecológica, parquinho, passeio de charrete ou a cavalo (para crianças) e um salão de jogos (para adultos). Há ainda uma danceteria, que funciona exclusivamente na alta temporada.

Vista para a Lagoa do Pedalinho… Crédito da Foto: Catarina Donda
… passeio de charrete… Crédito da Foto: Catarina Donda
… e campinho de futebol para a alegria dos pequenos! Crédito da Foto: Catarina Donda

O sistema de alimentação é pensão completa (exceto bebidas) e a culinária, variada. No sábado em que estivemos lá, o almoço foi feijoada e o jantar, massas e rodízio de pizza. No domingo, tivemos um almoço estilo caseiro. As sobremesas variaram entre doce de leite e de abóbora com queijo minas, rocambole, pudim de leite e salada de frutas. Tudo muito gostoso! Para acompanhar, a bela vista para o lago e o mini-campo de golfe.

Mini-golfe com o restaurante ao fundo. Crédito da Foto: Catarina Donda

Para quem viaja com crianças pequenas, é importante levar bóia, pois a profundidade da piscina varia de 1,35m a 1,40m. Os chalés contam com frigobar, mas não com cozinha – porém como o restaurante funciona até as 22h, é possível solicitar para aquecer eventuais mamadeiras. Todas as tardes, eles disponibilizam fruta ou danoninho para o lanche dos pequenos.

Mesa do café da manhã. Farta e com cara de café de fazenda! Crédito da Foto: Catarina Donda

E o que fazer pela região? O grande atrativo são as fazendas históricas que viveram o auge do ciclo do café no século XIX. Rio das Flores, a cidade vizinha, é integrante do chamado Vale do Café, um conjunto de municípios fluminenses de onde saía o café brasileiro produzido para exportação. Barra do Piraí, Barra Mansa, Conservatória, Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes, Miguel Pereira, Paracambi, Paraíba do Sul, Paty dos Alferes, Pinheiral, Pirai, Valença, Vassouras, Volta Redonda, além de Rio das Flores, são algumas dessas cidades.

Por lá estão diversas fazendas, preservadas e abertas à visitação (algumas são também hotéis-fazenda). Nelas, é possível conhecer construções originais com mobília e objetos preservados, em visitas guiadas que podem incluir café ou almoço. Mas, atenção: para conhecer esses locais, é preciso agendar com antecedência.

As fazendas mais próximas do San Thomaz são a Paraíso e a União, ambas em Rio das Flores. Como nós não sabíamos desse detalhe – do agendamento prévio, de dois ou três dias – acabamos fazendo apenas uma visita sem guia, e restrita, à Fazenda União. As paisagens serviram como aperitivo para, em uma próxima oportunidade, agendar e conhecer direitinho tudo o que a região oferece! (Veja a relação de fazendas históricas aqui).

Esta é a sede da Fazenda União. Vale a visita, se estiver por lá! Crédito da Foto: Catarina Donda

E para quem não dispensa fechar a viagem com umas comprinhas, a loja de artesanato Florart (Associação de Artesãos de Manuel Duarte e Porto das Flores), entre Rio das Flores e Belmiro Braga, vale uma visita. Com sede em uma antiga estação ferroviária, a Florart vende produtos de cama, mesa e banho, com reaproveitamento de tecidos e bordados típicos da região; além de móveis e outros objetos confeccionados a partir de matérias-primas locais (como taboa, bambu e fibra de bananeira) e da reciclagem de garrafas pet e pneus.

[box style=”rounded”]

Como chegar:

O hotel está a 2 horas do Rio de Janeiro e de Niterói, a 1 hora de Petrópolis e a 40 min de Juiz de Fora, bem no meio do famoso Vale do Café.

Endereço: Estrada Belmiro Braga, s/nº Km 01 – Porto das Flores – Belmiro Braga/MG. (24)  2458-0260 / 2458-0218

Para mais instruções sobre a melhor forma de chegar, clique aqui.

[/box]

 

 

Esta blogueira viajou com a família a convite da  da rede Hotel Fácil.

 

Comments

4 COMENTÁRIOS

  1. Olá Catarina, o lugar realmente é encantador e parece ser um bom retiro para aqueles que querem descansar e curtir entre família. Gostaria de saber se é recomendado ir com bebes, pois tenho uma filha no colo e achei um passeio interessante e agradável para fazer com a pequena. Espero resposta. Abraço

    • Olá Bruno,

      Acredito que sua pequena vá aproveitar o hotel sim. Lembre de levar a bóia pra piscina (que não é aquecida). Com relação ao quarto, acho que vale você entrar em contato com eles para perguntar se disponibilizam berço. E se ela tomar banho em banheirinha, talvez o box do quarto standard fique um pouco apertado para colocá-la – vale perguntar se outros quartos têm área de banho maior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário! :)
Por favor escreva seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.