Escolham: vocês querem saber primeiro da novidade ou da fofoca?

PS: meu palpite é que a maioria vai querer saber da fofoca, mas vai perguntar pela novidade só para não dar na pinta! 😉

Pois então, eu conto os dois, e começo pela novidade.

Mas adianto:  que fique claro que a fofoca aqui é boa, branca, do bem. Na verdade, a fofoca é mais uma coincidência, uma dessas voltas curiosas que a vida dá – coisa, que, sabemos, é matéria-prima da fofoca. E que como é boa, não tem problema! 🙂

Mas vamos lá!

 

A Novidade…

Há menos de um mês, soubemos do Programa Brasil Próximo. Que foi, só para contextualizar, iniciado como um  processo de fortalecimento de cooperação técnica entre o Brasil e a Itália para construir uma rede de trocas, intercâmbios e ações comuns entre os sujeitos públicos e privados dos dois países, tendo em vista o desenvolvimento local. No acordo haviam várias pautas: apoio ao desenvolvimento local de ambos os países e sua consequente promoção das atividades que lá acontecem.

Programa Brasil próximo

É uma dobradinha boa para os dois: nossos irmãos “azurros” vêm para o nosso Brasil varonil, conhecem várias iniciativas públicas e privadas de desenvolvimento local e social, e voltam para a terra da bota para contar e promover. Todo mundo ganha.

E dessa vez, o mesmo acontece do lado de cá: a cooperação italiana formulou um convite para o Ministério do Turismo no Brasil que selecionasse um grupo de visitantes brasileiros, entre jornalistas, blogueiros, operadores turísticos e representantes do Ministério do Turismo. Esse mesmo grupo faria uma visitação técnica à região central da Itália no início de julho, período em que acontecem festivais e manifestações culturais próprias da região.

A ABBV, Associação Brasileira de Blogueiros de Viagem, mandou uma lista de blogueiros interessados e com disponibilidade para a viagem. A gente do Dondeando por Aí também colocou o nosso nome lá – mas naquela vibe de “vai que cola?”.

E – voilá – surpresa: fomos os selecionados!!!! \o/ \o/ \o/

Cá para nós: estamos ainda surpresos, felizes, orgulhosos, honrados e super bobos com a escolha! Principalmente porque muito blogueiro bom, que nós adoramos, estava na lista, e logo a seleção seria difícil. E foi uma grande alegria e honra termos sido os escolhidos. É um super reconhecimento de que a gente tá fazendo um trabalho bom e saindo bem na foto!! 🙂

E honestamente: a gente não acreditava mesmo que ia ser o escolhido. Não ganhamos nem rifa de rádio de pilha em quermesse de igreja. 😛

Ou seja: domingo agora, no dia 30 de junho, estaremos embarcando para a Umbria,  representando os blogueiros da ABBV nessa visita.

E o que me deixou super feliz: a região da Umbria, que será o foco da visita, fica bem na parte Central da Itália, e é menos badalada pelos turistas do que as famosas Toscana, Cinque Terre, Veneza e Roma. Ou seja, é a chance de trazer um material novo, diferente e um viés bem regional, o que é bem o perfil de conteúdo que gostamos de cobrir!

Mapa Umbria

 

O que a gente sabe que vai ver por lá (mas que ainda tudo é meio novidade!): as fofíssimas cidades de Orvieto…

Catedral de Orvieto. Crédito da Foto: Henry Lawford (Creative Commons)
Catedral de Orvieto. Crédito da Foto: Henry Lawford (Creative Commons)

Terni…

Terni é famosa pelas paisagens lindíssimas. Com direito a maior cascata da Europa, que é artificial - criada pelos romanos em 270 anos a.C. Crédito da Foto (Friar's Balsam)
Terni é famosa pelas paisagens lindíssimas. Com direito a maior cascata da Europa, que é artificial – criada pelos romanos em 270 anos a.C. Crédito da Foto (Friar’s Balsam)

Perugia…

Capital da região da Umbria, a cidade tem muito a oferecer tanto no aspecto cultural quanto de agitação: dizem que as ruas de Perugia são cheias de bares e restaurantes gostosos! Crédito da Foto: Chris Yumke (Creative Comons)
Capital da região da Umbria, a cidade tem muito a oferecer tanto no aspecto cultural quanto de agitação: dizem que as ruas de Perugia são cheias de bares e restaurantes gostosos! Crédito da Foto: Chris Yumke (Creative Comons)

…Assis (onde faremos uma integração com os monges franciscanos, entre outras surpresas)…

582078_497595536969485_2136777235_n
Basílica de Assis, em homenagem a Francisco de Assis. Crédito da Foto: hummuhummy (Creative Commons)

… e terminamos o roteiro em Roma, quando nos despedimos da terra da Bota.

Ou seja, a partir de semana que vem vocês podem acompanhar todos os detalhes dessa viagem pela Fanpage do Dondeando por aí, pelo Twitter e pelo Instagram do blog. E aqui pelo blog mesmo, vamos seguir com alguns posts que já estavam programados, continuando a série da Rota das Emoções que estamos fazendo, mas aguardem: faremos o possível para trazer um material bem completo para vocês, do jeito que a gente costuma preparar: com carinho, fotos saborosas e informações mastigadas.

Até porque, em se falando da Itália, não tem como não ser gostoso. 🙂

E como prometido, olha a coincidência!

Há  um ano atrás, eu estava viajando pela Itália (numa jornada de vários dias que gerou os posts dessa série sobre o país) e, já que todos os caminhos levam mesmo para lá, acabamos a viagem em Roma, chegando lá no dia 7 de julho de 2012.

Como todo bom turista, fomos dar uma conferida na Fontana di Trevi, a clássica fonte famosa da cidade imortal (que pode ser definida como uma pouco de água e de estátuas cercada de turistas por todos os lados).

Fontana di Trevi

Uma vez lá, cumprimos a simpatia: jogar três moedinhas, de costas para a fonte. Para cada moedinha, um pedido – e o bom é que ainda rola um bônus: dizem a lenda que, ao jogar as moedas na Fontana di Trevi, é certeza de voltar a Roma um dia.

Moedas na Fontana di Trevi
Fundo da Fontana di Trevi, cheio de moedas e de pedidos. Ou seja, uma galera deve estar voltando à cidade, se a simpatia funcionar!

Simpatias X ceticismo à parte: a quem interessar possa, meus três pedidos, enviados através destes três centavos, foram atendidos. Coisa rápida, até – um mês depois e já tinha acontecido tudo!

E agora, eis-me aqui: voltando à cidade imortal, de forma inesperada, exatamente um ano depois. Previsão de chegada na cidade: 7 de julho de 2013. Ô loco, né? 🙂

Moral da História: Eu sei que o que mais tem é gente tacando moedinha nas fontes espalhadas pelo mundo. Eu mesma nunca fui dessa corrente, mas abri uma exceção pro “seu” Netuno, e mandei para ele meus centavos e pedidos devidamente endereçados.

O que me faz pensar que: ou é porque estamos na cidade de Roma, quartel-general dos santos de todo mundo, que o processo de realização de pedidos deve correr mais rápido, sem intermediários; ou se o pedido é mesmo realizado por Netuno, que como é deus grego/romano, deve atender a galera por outra jurisdição com menos burocracia. Vai saber.

Seja como for, eu to pensando seriamente em começar a jogar moedinhas em todas as fontes que eu vejo. Vai que esse lance funciona mesmo? 😛

 

Comments

14 COMENTÁRIOS

  1. eeeeee, que legal, Dondinha!!!! AMEI as três visitas que fiz à Úmbria, região di-vi-na! Acho Orvieto e Assis absolutamente emocionantes, encantadoras! Se der, escape um tiquinho também para Norcia, gracinha de cidade! feliz, feliz por vc! :*

  2. Que maravilha, Clarissa!!! Vou ficar grudada no seu blog para acompanhar todos os posts!
    Sem fala que estou amando e me inspirando para uma adaptação da sua Rota das Emoções!
    Boa viagem e aproveite muito!
    Beijos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário! :)
Por favor escreva seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.