Pois é, e quem disse que não existe arma contra vizinho maldoso?

Tem sim: e quem inventou isso foi, por acaso, um arquiteto italiano, lá atrás, bem antes dos tempos do guaraná com rolha.  Naquela época, ele projetou e construiu o primeiro prédio de apartamentos da cidade de Perugia, na região da Umbria, na Itália (aí na foto abaixo).

Apartamento em Perugia

A construção, mesmo bem localizada (fica na parte histórica da cidade de Perugia, no alto do morro e com uma vista linda da região), foi alvo de muitas críticas na cidade.

Por que? Era uma construção escandalosa para os padrões da época. Afinal, Perugia era uma das cidades mais tradicionais e religiosas da Itália, e todos os habitantes moravam em casas separadas uns dos outros. Então, como assim, de repente colocar pessoas diferentes e desconhecidas morando juntas em um mesmo prédio, apenas divididos por paredes? Cadê a intimidade? Onde já se viu? :O

Foi um escândalo só. Todos os habitantes conservadores da cidade iam até a porta do prédio espiar aquela “depravação”. Críticas não faltavam. Na visão da cidade, morar naquele prédio seria um atentado à moral e aos bons costumes.

Ou seja, o prédio ficou pronto e ninguém queria morar lá. E se quisesse, tinha medo de “ficar falado”.

O arquiteto ficou tiririca da silva. Afinal, ele projetou o prédio, com o maior carinho, total tendência em habitação chegando em Perugia, e todo dia ficava aquele monte de gente fofoqueira e maliciosa se juntando na porta do prédio falando mal? “Que construção horrorosa”, “Que pouca vergonha”, e por aí vai?

Então ele decidiu: ele mesmo ia morar no prédio. E foi.

Mas não sem antes fazer uma pequena mudança na fachada…

Fachada do prédio Perugia

Pois é: ele mandou fazer uma série de rostos decorando a fachada do prédio, todos fazendo caretas bem feiosas e com a língua de fora para quem visse de baixo. Era a resposta silenciosa dele para o bando de fofoqueiros que se juntavam na porta do seu edifício, todos os dias.Fachada predio perugia

E taí: o tempo passou, o povo se acostumou… e hoje o prédio tá lá, ainda, de pé e completamente habitado. E ao contrário do que o povo daquela época achava, quem mora hoje no prédio se deu bem: não só está de frente para a praça principal da cidade, como os apartamentos do alto tem uma vista privilegiadíssima…

Foto Perugia do alto

Pois é… Já dizia a sabedoria popular: quem dá a língua por último, ri melhor… 😛

Essa blogueira foi à região da Umbria, na Itália, convidada pelo Ministério do Turismo, integrando a delegação brasileira que fez parte do projeto Brasil Próximo, de colaboração entre Brasil e Itália. O objetivo foi conhecer melhor os atrativos turísticos da região, mas todas as opiniões, comentários e sugestões aqui descritas são genuínas, e representam a opinião da própria autora.

*****************************************************

Links para você organizar sua viagem a Perugia:

Onde se hospedar em Perugia | Aluguel de carros na Itália

E mais: Guias que falam português em Perugia

Dica da guia que usamos: Maddalena D’Amico, que pode ser encontrada através do email magdamico@hotmail.it ou do telefone 0039.3494318976. Uma querida.

E mais posts sobre:

Umbria:

Assis: dicas, história e religião nos passos de São Francisco

Guia prático de onde se hospedar em Assis (e onde comer, se deslocar)

Norcia: a cidade-revelação do seu roteiro pela Itália

Esqueça o fast-food: Spoleto, na Itália, é para curtir devagarzinho

Perugia, Itália: um roteiro com muita “dolce vita”, jazz e chocolate

Caçando trufas negras na Itália: como foi, como é e como fazer a experiência

Cascata Delle Marmore: dicas de um passeio diferente e pertinho de Roma

Toscana:

Itália em Pílulas: o melhor sorvete de mentira do mundo e um museu de tortura para americano ver

Atrás da trufa perfeita: um roteiro despretensioso (e calórico) por alguns recantos onde comer na Itália

San Gimignano de bicicleta: dica para esticar a estadia e curtir a cidade sobre duas rodas

Degustando a Toscana, na Itália: passeios de carro, hospedagens em castelos e um sexto sentido viajante

Cinqueterre:

Cinqueterre revelada: dicas de hospedagem, comida, trilhas e “dolce far niente”

Roma:

Hospedagem, deslocamento, wi-fi e passes em Roma: um “test-drive” mastigadíssimo das dicas!

Comments

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor escreva o seu comentário! :)
Por favor escreva seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.