Bonito para iniciantes: como ir, onde ficar, o que fazer e qual a melhor época para visitar?

^
bonito dicas Ecoturismo guia guia econômico passo a passo
Conheça a Loja Dondeando Por Aí

Bonito para iniciantes: como ir, onde ficar, o que fazer e qual a melhor época para visitar?

Que Bonito é bonito, todo mundo sabe – e por isso que ele já estava há tempos na minha listinha de destinos de sonho para conhecer! Até que fui, finalmente, em maio de 2013. Cheguei sabendo apenas das belezuras de Bonito, mas sem estar por dentro dos detalhes (inúmeros, pequeninos, particulares) do destino. Detalhes esses que parecem chatos na hora do planejamento da viagem, mas que ajudaram a preservar Bonito e torná-lo o que ele é hoje, o melhor destino ecoturístico do Brasil.

Minha viagem foi ótima: mas confesso que só foi porque eu fui sendo avisada e ajudada, durante todo o tempo, do que fazer e como organizar a viagem lá. Coisas que eu nem sonhava em pensar e que foram fundamentais para a viagem correr com zero preocupações. Por isso, quis passar o favor adiante e colocar aqui um beabá das informações básicas que tive que me organizar, antes mesmo de pôr os pés em terras sul-matogrossenses. Muitas das dicas, dadas pela equipe do próprio lugar onde me hospedei, o Bonito Hostel.

Peixe Bonito

Por isso, abro a temporada de posts de Bonito com esse pequeno guia para iniciantes. Conciso e rapidinho, só para ajudar a você se planejar no pré-viagem, e deixo os próximos posts para falar só das delícias do destino – que é bonito (ops!) que só!

Bonito_MS_Nascente_azul_cor_das_aguas

Quantos dias ficar?

Antes de eu ir, o conselho que eu já tinha recebido do pessoal de lá era: “não venha se for para ficar menos de 5 dias na cidade”. Assim, na lata. E foi exato o que fiz. Por isso, quando estiver planejando, contabilize uma semana de Bonito, considerando um dia de ida e um dia de volta. Esse é o tempo ideal para fazer as principais atividades e deixar que Bonito deixe sua marca em você.

Ou seja, aproveite as promoções que ocasionalmente aparecem para o Mato Grosso do Sul, mas fique atento aos dias: essa coisa de aproveitar um feriadão de quinta a domingo pode ser tentador, mas na prática te deixa apenas com dois dias para aproveitar o destino – e não dá nem para ver direito tudo que Bonito tem de bonito.

 Quando ir:

Como no Centro Oeste a paisagem muda muito de acordo com a estação das chuvas, o ecossistema de Bonito não é diferente – e por isso todos os meses do ano tem seus prós e contras específicos para conhecer melhor a região.

Mas a verdade é que, se você for a Bonito em duas épocas diferentes do ano, você pode ver duas naturezas completamente diferentes – e igualmente apaixonantes!

Bonito_MS_por_do_sol

Melhor época para ver animais e cachoeiras: De dezembro a março, durante a época das chuvas, que é quando a vegetação está mais verde, o nível dos rios está maior e as cachoeiras estão mais intensas. É também uma boa época para ver mais animais, já que a comida nessa época do ano está mais abundante. Para quem vai esticar para o Pantanal, a época das cheias é uma boa pedida também. Lado negativo: muito mais mosquitos, e os passeios de mergulho costumam estar fechados nesta época (e dependendo da quantidade de chuvas, alguns passeios podem ser desmarcados também).

Bonito_MS_araras7

Melhor época para mergulhar e fazer snorkelling: O período de secas é o melhor para quem busca estas atividades, pois é quando as águas estão mais cristalinas, e que vai de maio a setembro. Especialmente em se tratando da Lagoa Misteriosa, que é um dos pontos altos da região com suas águas estupidamente azuis – e que fecha no período de outubro a abril, só funcionando para mergulhos certificados.

Fundo Lagoa Misteriosa

Profundezas e mistérios da Lagoa Misteriosa: aberto apenas de maio a setembro

Lado negativo: como é também a época do inverno, pode chegar algumas frentes frias que jogam a temperatura lá para baixo, e a temperatura das águas pode estar bem geladinha – mas também pode acontecer do termômetro se manter lá pelos 32 graus – e aí cair na água é um refresco só!

E também, se estiver frio, não é nada que um neoprene não resolva!

Melhor época para visitar o Abismo Anhumas: entre final de dezembro e início de fevereiro, quando os raios de sol incidem verticalmente sobre a fenda do abismo e deixam as fotos ainda mais bonitas!

O que eu fiz: Fui no início de maio para Bonito, quando a estação de seca estava apenas começando. Resultado: dei sorte porque peguei belos dias de sol alternados com um dia de muita chuva e um pouco de frio, mas nada que estragasse a programação. Particularmente, gostei bastante e voltaria nessa época do ano!

Como Chegar:

Bonito fica a 300 quilômetros de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul (e quem leva para lá é a TAM, Azul e Gol). Conte boas 4 horas de estrada de Campo Grande até lá.

Bonito_MS_Trilha_Lobo_Guará

Para quem vai de avião + translado: Uma dica especial: ao marcar sua viagem, procure pegar os voos de ida com horário de chegada antes de 14:00 horas, e os voos de volta com horário de partida depois das 14:00 horas. Isso porque o transporte de Campo Grande a Bonito, se for feito por translado, leva em torno de 4 horas, então você fica com uma margem de segurança boa para ir e chegar da cidade e não perder ainda mais tempo de deslocamento (e muito menos, perder seu voo!).

Vale a pena ir de carro?

Se você estiver com um grupo e quiser mais privacidade, vale sim. O aluguel pode ser feito nas companhias que ficam direto no aeroporto, por exemplo, pois de lá você já pode pegar a estrada direto para Bonito, até porque lá você pode fazer todos os transportes até os atrativos de carro sem problemas – e se for em grupo é válido para dividir a gasosa. Um carro 1.0 simples dá conta do recato, não há necessidade de jipe nas estradas (embora, se você for calorento, fica a dica de escolher um com ar condicionado!).

Para reservar seu carro diretamente em Campo Grande e já sair com ele até Bonito, confira este link com a lista das ofertas e preços de aluguel de carro na região.

PS: Ah, importante: meu GPS perdeu o sinal em alguns momentos por lá. Para evitar isso, não custa nada providenciar o velho e bom mapinha da região, em papel. Nunca falha. :)

Onde ficar?

São várias as opções. Bonito é uma cidade pequena e acolhedora, então as opções geralmente estão entre ficar perto ou não do centrinho, ou em locais para quem quer hotéis com mais serviços, como área de lazer ou estrutura para crianças, por exemplo.

Bonito_MS_Piscina_Praça_Central_Bonito

Esculturas de peixe expostas na praça do centrinho de Bonito

Lembrando que: na prática, como quase todas as atrações requerem carro ou contratação de transporte, não faz muita diferença conseguir um hotel perto ou longe das atrações. O que faz a diferença mesmo é estar perto ou não do centrinho, que é onde tem uma pequena variedade de restaurantes, agências de turismo, lojas de souvenirs, bancos, etc.

Hotéis: Tem o Paraíso das Águas, o Pirá Miúna, e a Pousada Remanso, que ficam bem pertinho do centro.

Albergues: Dica de Hospedagem boa e econômica: eu fiquei no HI Hostel de Bonito, que é um pouco mais afastado da praça principal, mas para quem busca uma opção de hospedagem mais econômico e amigável – possibilidade de fazer amigos, o que é um grande diferencial para quem viaja sozinho – é uma ótima opção. Digo, com folga, que foi um dos melhores albergues que já fiquei na vida em termos de área de convivência, estrutura (uma piscina deliciosa, bar com boas opções de comida, área de lazer, estacionamento e redário) e um atendimento excelente na hora de reservar os passeios. E a distância que o separa do centro não é nada que uma pequena caminhada não resolva.

Bonito_MS_Piscina_Hi_Hostel_Bonito_piscina

Detalhe da área de lazer com piscina e do bar do Hi Hostel Bonito.

E sim, devo dizer que visitei o Bonito HI Hostel a convite, mas os elogios acima não são por causa disso – como nunca foram em nenhum dos posts deste blog. A equipe responsável pelo albergue realmente tem feito um trabalho sério e com muito carinho ao longo dos anos – coisa que você acha fácil dando uma boa pesquisa pelo Google – e conseguiu conquistar, por anos consecutivos, o prêmio de Melhor Albergue do Brasil. Os elogios, logo, não são por acaso. 

Mas cá pra nós, confesso: cheguei lá sendo super bem recebida e descobrindo que perto do meu quarto tinha várias redes (com tomada pertinho, para ter o trabalho só de esticar o braço na hora de ligar no notebook), wi-fi grátis, bebida gelada no bar, Dire Straits tocando ao fundo e um céu estupidamente estrelado. Resultado: voltei estragadíssima de lá para a minha vidinha normal! :)

Em breve posto aqui um review mais completo do albergue, junto com o resto do material sobre as belezuras de Bonito. Aguardem! :)

Para fazer a reserva no Bonito Hostel, clique aqui.

Exibir mapa ampliado

Como se locomover?

 Em Bonito, muitas das atrações estão espalhadas por fazendas em Bonito e na cidade vizinha, Jardim. Ou seja, para chegar lá é preciso um transporte à parte, que normalmente não está incluído no custo do passeio – e pode pesar no orçamento no fim da viagem. Então, as alternativas para ter o melhor custo benefício são:

– Táxis e Moto-Táxis: opção mais privativa, conveniente e proporcionalmente, mais cara. A vantagem é poder fechar com um taxista um valor e hora marcada para buscar você dos passeios, mas o custo é mais puxado neste caso. Um taxista muito simpático (e super de confiança) que nos atendeu foi o Honorato: você pode encontrá-lo no telefone (67) 9904 1548 e 3255 1995.

– Vans Compartilhadas: essa opção de transporte é oferecida pelas agências, alguns hotéis e algumas atrações, que fecham os pacotes por dia com os turistas e todos lotam uma van disponibilizada naquele horário, que geralmente chega e parte da agência ou do hotel. É a opção mais barata e cômoda – mas atrelada a horários, já que você sempre parte com o seu grupo. Mas mesmo assim, costuma ser a partir de R$ 30 dilmas por pessoa, por passeio. Se por na ponta do lápis, é um custo que precisa ser considerado além da hospedagem e passeios;

– Aluguel de carro: como explicado melhor lá em cima, quem vem de carro de Campo Grande pode economizar no aluguel em Bonito, além de ter a flexibilidade de ir e voltar no seu tempo. Quem vai “de galera” (com amigos e família) é melhor ainda na hora de ratear custos. Poréns: é preciso ficar atento aos horários para não se atrasar no início de acada atração (os horários de início e fim não são muito flexíveis, e algumas atrações levam um bom tempo de estrada para se chegar). Ah, é é bom ter sempre um mapinha a tiracolo, além do GPS. Bonito é bem sinalizada, mas algumas atrações mais escondidas podem ter uns macetes na hora de pegar a curva certa! Para alugar um carro, confira este link com preços de aluguel de carro na região.

Onde reservar os passeios:

Em Bonito não dá muito para ter isso de “resolver na hora”. Quase todos os passeios precisam ser reservados antes, pois há um limite de pessoas por dia, e em alta temporada é especialmente recomendado fazer a tal reserva com antecedência.

Bonito_MS_Boca_da_onca_Cachoeira

Por isso, vale muito a pena contatar uma agência para resolver isso para você (e digo por experiência própria de quem é uma adepta normal de turistar de forma independente).  Elas podem ajudar  não só na verificação das vagas como montando toda a logística dos passeios – e a você, aceb apenas dizer quais atrações quer visitar e tentar negociar quando, na medida da disponibilidade. E depois receber todas as informações bonitinhas dos horários e passeios agendados, sem estresse!

A agência com que fechamos foi a que fica dentro do HI Hostel, a Bonito Ecological – ótimo atendimento, atenciosa, bilíngue e rápida na organização das coisas – inclusive porque tivemos um pequeno acidente antes de ir a um dos passeios e a agência conseguiu rapidamente me ajudar com tudo. :)

Para quem está no hostel ou perto dele, fica a dica de organizar tudo por lá, através do e-mail ajbonito@terra.com.b ou no próprio site deles aqui. Outras agências que também fazem esse serviço podem ser encontradas aqui.

E na hora de montar seu roteiro, confira esse post: Bonito: escolhendo as atrações e planejando seu roteiro

Nos próximos posts (a saírem fresquinhos ainda nesta semana), a gente dá um help sobre ocmo organizar o seu roteiro e fala de cada atração em particular! Já já! :)

 Essa jornalista e blogueira que vos fala foi a Bonito a convite do HI Hostel Bonito e de seus parceiros, como o Grupo Rio da Prata, Estância Mimosa e Lagoa Misteriosa

*************************************************************************************************

Links para ajudar a organizar sua viagem a Bonito:

Hotéis e pousadas em Bonito Agência para reservar os passeios | Aluguel de carros no aeroporto de Campo Grande (MS)

E mais posts:

Bonito para iniciantes: como ir, onde ficar, o que fazer e qual a melhor época para visitar?

Nascente Azul: vale a pena incluir no seu roteiro?

Flutuação no Rio da Prata: porque esse é o melhor passeio de Bonito

Bonito by bike: Esporte, trilhas e ecoturismo sobre duas rodas

Lagoa Misteriosa: um dos melhores lugares para mergulhar no Brasil

Onde comer em Bonito: dicas de restaurantes, bares e lanchonetes por lá

Bonito Hostel: um review da melhor hospedagem econômica de Bonito

Bonito: escolhendo as atrações e planejando o seu roteiro

Jornalista e profissional de Marketing, largou a vida empresarial certinha para descobrir se viajar o mundo ia fazê-la uma pessoa melhor. E hoje, anos depois, ela mora em Londres, mas vive com um pé no Brasil e por outros lugares. Trabalha com jornalismo e turismo, ainda não aprendeu a dobrar mapas, volta e meia se perde com a falta de rotina e escreve-apaga-reescreve por horas o mesmo post até publicá-lo. Mas é muito mais feliz. Ô se é.

    Siga-me

Comentários do Facebook

Comentários do Blog - 39 Comentários

  1. Cátia Silva

    Adoro lugares de natureza pura!!!

  2. nisa

    Adorei sua forma de escrever e tem super dicas. Fantastica.

  3. João Carlos Almeida

    Só passarei em Bonito um dia, pois, estou indo com um compromisso especifico a uma cidade proxima, então gostaria de lhe perguntar que parte desse paraiso posso visitar e como devo aproveitar melhor esse Domingo?

  4. Edgard

    Olaaa
    Muito legal o blog. Linguagem simples , direta, familiar. Parece realmente um amigo falando pra gente sobre a viagem que realizou saindo um pouca daquelas materias de revista de viagem

    Parabens

    Edgard

    • Clarissa Donda

      Edgard, obrigada pela mensagem! Fico feliz de você ter gostado!!! :) Volte sempre!

  5. Adriana

    Suas dicas são ótimas! Muito úteis, vc escreve de forma clara e objetiva!
    Obrigada por dividir dicas tão valiosa!

  6. Alcantara

    Muito boa as dicas, pretendo viajar em agosto e ficar exatamente 05 dias. Enviei e-mails para duas agências, pois gosto de resolver tudo com antecedência. Estou aguardando as respostas.

    Alcantara, BH/MG

  7. Thamara

    Clarissa, bom dia!
    Gostaria de saber se você tem uma média de quanto gastou, exceto a passagem?
    Parabéns pelo site, muito bom!

    • Clarissa Donda

      Thamara, eu fui através de parceria, mas meu namorado pagou a parte dele, e deu mais ou menos uns 1.200 na época – mas lembrando que ele não fez o Abismo Anhumas, que é uma das atrações mais caras, e que os preços eram de um ano atrás, baixa temporada. Não sei como estaria essa realidade hoje.
      Minha dica: dá uma olhada no corpo deste post, que tem um link atualizado para o preço das estadias no Bonito Hostel, bem como o valor de cada atração. Os transportes você também consegue uma estimativa pelo Bonito hostel, e alimentação depende um pouco do que você vai querer – comer no hostel foi disparado a opção mais barata, mas a cidade de Bonito em si não é um absurdo de cara em relação à comida.
      Assim você consegue uma estimativa melhor.
      Espero ter ajudado!

      • Clarissa Donda

        Marjorie, você não sabe como fiquei feliz em ler sua mensagem! E vou te contar uma coisa: esse post é um dos meus preferidos, porque exatamente eu fiz questão de escrevê-lo ainda com toda a magia que eu tinha sentido lá, e torná-lo mais pessoal do que um simples post do tipo: “chegando lá, faça isso e aquilo”. E por isso mesmo, não esperava que esse post fosse tão lido ou comentado, exatamente porque, por experiência própria, a maioria dos comentários que recebo são dos posts mais descritivos e técnicos sobre como ir, como chegar e tal.
        E por isso fico feliz em receber comentários como o seu e ver que Assis conseguiu tocar outros corações através do texto, e através do meu! Porque lá tem isso mesmo, uma energia tão boa que transcende religiões!
        Quando você estiver lá, eu só sugiro, de verdade, que faça a visita com calma, e deixe a energia de amor que tem lá fazer o seu trabalho com calma.
        Espero que você aproveite, mesmo, a ida até lá. É mágica, em todos os sentidos!

  8. André Felix

    Parabéns você gerou informações muito úteis que ajudaram minha decisão. Tava quase fechando em novembro e não ia ver a Lagoa Misteriosa. Eu ia ficar louco… Rs!
    Vou seguir sua dica e ir em Maio, final das chuvas e período entre estações.
    Obrigado e Tudo de bom pra você!

    • Clarissa Donda

      André, que bom! Espero que goste, eu amei Bonito – e maio é um mês lindo por lá!

  9. Lais

    Adorei o recado,muito obrigada vai me ajudar muito

  10. Lourdinha Galvão

    Obrigada pelas dicas, que só vieram com firmar o mês que gosto de viajar, por ser baixa temporada, menos pessoas e os preços melhores.
    Feliz 2015, que seja repleto de viagens para vc , e boas dicas para nós.

    • Clarissa Donda

      Lourdinha, um ótimo 2015 cheio de viagens para você também!
      E maio é mesmo um dos melhores meses para viajar, disparado!

  11. rafael

    como diz na propaganda aquela… suas dicas não tem preço!!!
    quero me organizar para ir de Porto Alegre de carro para lá e ficar uns três dias vou seguir suas dicas obrigado!!

  12. Erivaldo

    Parabens pela iniciativa, será que grande proveito

  13. Anna

    Olá, gostaria de saber se é aconselhável viajar com idosos para Bonito. Pelo que você escreveu, achei um pouco complicado para quem tem dificuldade de locomoção. Qual a sua opinião?
    Obrigada.

    • Clarissa Donda

      Anna, isso é relativo: vai depender do idoso e das atividades que ele queira fazer!
      Tem alguns passeios mais tranquilos, como a Gruta Azul (meu marido foi e no grupo dele tinham vários idosos. O chão é meio irregular, mas dá, porque a trilha é mais leve) e, em último caso, há fazendas como a da Nascente Azul que tem uma trilha bem leve, mergulho (bem gostoso) e uma estrutura de fazenda gostosa para curtir.

      Uma opinião pessoal: minha mãe tem 65 anos e morre de vontade de ir a Bonito. Ela, porém, tem um problema no joelho que a impede de andar demais ou de fazer caminhos com muitas subidas e descidas de escadas e coisas do tipo. Eu estou pensando em uma viagem com ela, mas eu a levaria na Gruta Azul, na Nascente Azul e nos balneários, com táxi alugado (para poupar andanças). Acho que isso ela toparia. Fora, claro, os restaurantes, que eu tenho certeza de que ela vai gostar.

      Acho que Bonito é um destino de ecoturismo e uma pessoa com dificuldade de locomoção terá algumas limitações, mas aí é pensar num planejamento de viagem que combine com eles. E muito descanso – eles não precisam de uma programação agitada como a da maioria dos jovens! Então acho que dá, sim!

  14. Emerson

    Curti demais as dicas, só faltou falar mais sobre preços e o que a cidade oferece gratuito. Espero conhecer esse lindo lugar em breve.

    • Clarissa Donda

      Oi, Emerson!
      As informações sobre os preços estão detalhadas nos outros posts da série sobre Bonito aqui no blog – todos os links estão indicados no post, dá uma lida! 😉
      Esse aqui, inclusive, é o segundo post da série e fala mais detalhadamente das atrações de lá, com links para a tabela de preços atualizada: http://www.dondeandoporai.com.br/bonito-escolhendo-atracoes-planejando-roteiro/

      Quanto a atrações gratuitas na cidade, não são muitas 100% gratuitas, mas é possível, por exemplo, alugar uma bicicleta e passear pelas áreas e trilhas de Bonito, bem como pagar a entrada (bem mais em conta) em um dos balneários e se divertir nos rios. Tudo isso também está descrito nos outros posts.

      Um abraço!

  15. Maria Helena

    OLá, Clarissa.
    Parabéns pelo post!!! Fiquei impressionada com as dicas e confesso que senti a energia da região através das suas palavras!
    Mais impressionada fiquei com o que vc diz no seu perfil! Eu gostaria muito de pegar minha mochila e sair viajando, contemplando a natureza… vc teve esta coragem!!! Queria tê-la também! Quais as dicas para ousar? Penso nos custos….

    Parabéns!

    • Clarissa Donda

      Oi, Maria Helena, tudo bem?

      Eu sei que parece um clichê, mas sair viajando é menos difícil do que parece! Acho que você pode (e deve) pegar sua mochila e sair sim! A primeira dica, eu acho, é não ter medo de ir – inclusive, de ir sozinha, se for o caso!
      Os custos existem sim, e é preciso planejá-los, mas fazendo com antecedência, você consegue pegar bons preços de passagens e hotéis. Dá uma olhada no post com atenção e nos outros posts da série de Bonito – há um link para os preços atualizados das atrações!

      Espero ter ajudado, e esbarrar com você por aí! :)

  16. Jacson

    Olá, estou indo para Bonito em dezembro de carro, moro em Balneário Camboriú – SC até Curitiba e Ponta Grossa é tranquilo, após este percurso o Google Maps da 03 opções de trajeto. Sabem dizer quais estradas estão em melhores condições? preferência duplicada que teoricamente é mais rápida? Agradeço muito a atenção.

    • Clarissa Donda

      Oi, Jackson!
      Eu não vou saber te ajudar porque não conheço muito as estradas por essas bandas e eu fui de avião (só fiz a estrada de Campo Grande a Bonito!).

      Desculpe por não poder te ajudar mais! :(

  17. Thamirys

    Olá!
    Estou pretendendo ir a Bonito no final de Novembro, é um bom negócio?

    Parabéns pela abordagem, amei o texto!

    • Clarissa Donda

      Oi, Thamirys! Final de novembro costuma ser um período de chuvas, o que não é muito bom para a visibilidade em baixo d’água, a melhor parte da flutuação. Além disso, atrações como a Lagoa Misteriosa ficam fechadas. O ideal é ir de maio a setembro!

  18. Melissa

    Olá estou com viagem marcada para bonito em março de 2016 gostaria de saber se compensa alugar carro na cidade pois vou com uma agência com translado e já tenho quatro passeios inclusos, o aluguel seria pra fazer os outros passeios, em relação a custo benefício é melhor alugar ou fazer os passeios com as vans ?

    • Clarissa Donda

      Melissa, acho que isso depende do custo que você está disposta a pagar e dos passeios que você vai fazer. Considere assim: Se você está indo com um grupo de mais pessoas (quatro, por exemplo), é uma boa ter o carro porque o custo fica dividido entre as pessoas – mas considere que nem sempre as sinalização nas estradas é excelente e alguns dos passeios ficam a uma boa distância do centrinho de Bonito; ou seja, considere que você precisa sair com mais tempo, reservar uma janela de tempo caso se perca, etc,. Nesse ponto, um transporte ajuda.

      Se vocês estiverem em menos pessoas (um ou duas) eu acho que o melhor seria transporte mesmo, por uma questão de custo benefício… Mas é uma opinião bem pessoal (foi o que eu fiz!).

  19. carla

    Boa tarde , estou progamando pra ir em Setembro o vc me diria deste mês, desde ja agradeço.

    • Clarissa Donda

      Oi, Carla! Como eu coloquei no texto, setembro é o mês limite – pode ser que a lagoa misteriosa já esteja fechando! O ideal é de abril/maio a meados se setembro mesmo!

  20. philippe

    QUE SHOW AS DICAS, ESTOU INDO PRA LA AGORA DIA 10/02/2016.. FECHEI COM A BONITOUR O HOTEL E OS PASSEIOS.

  21. Patricia

    Boa tarde! Estou de férias em outubro e estava pensando em fazer essa viagem e um mes bom?

    • Clarissa Donda

      Oi, Patrícia!
      Em outubro já começa a temporada de chuva. Não chega a atrapalhar os passeios, mas quando chove a visibilidade da água não fica tão boa.
      Só um detalhe: neste mês a Lagoa Misteriosa costuma estar fechada!

  22. Katia

    Estava planejando em ir em abril nas minhas férias . mais acho que não terá tantos atrativos. Oque VC me diz?
    Obrigada

    • Clarissa Donda

      Abril já começa a temporada de seca, Katia, então acho que você deve aproveitar sim. Só a Lagoa Misteriosa que pode estar fechada ainda…

Deixe seu Comentário