Natal Luz em Gramado: todas as dicas (e alguns alertas) quando estiver lá com as crianças!

^
férias escolares gramado natal natal luz sul do brasil viagem com crianças viagem em família
Conheça a Loja Dondeando Por Aí

Natal Luz em Gramado: todas as dicas (e alguns alertas) quando estiver lá com as crianças!

 Se Gramado já é linda em dias comuns, imagine enfeitada para o Natal. De 15 de novembro a 15 de janeiro, toda a cidade celebra o Natal Luz, e a atmosfera é contagiante. Além da decoração, que por si só já é uma atração turística, uma programação variada combina apresentações musicais e teatrais, exibição de filmes, exposições e venda de artesanato.

Há atrações gratuitas e pagas. Folhetos com a programação são distribuídos em pontos de informação turística e também na Vila de Natal – um espaço temático que reúne barraquinhas de artesanato natalino da região, um pequeno cinema 3D infantil, um palco para teatro de bonecos e um mini-parque de diversões. Há também ônibus que percorrem os principais pontos de interesse do Natal Luz, dispensável se você estiver de carro – basta se orientar pelo mapa da programação. E coroando a festa, estão os shows que acontecem a cada noite.

Presépio Centro de Gramado Natal Luz em Gramado: todas as dicas (e alguns alertas) quando estiver lá com as crianças!

O presépio em tamanho natural montado no centro de Gramado dá as boas vindas aos turistas. O clima natalino é contagiante! Crédito da Foto: Catarina Donda

Embora a cidade estivesse lotada, não tivemos dificuldade em visitar os pontos turísticos tradicionais durante o dia. A região tem tantas opções que consegue absorver os inúmeros turistas de forma distribuída, sem problemas. Mas é de noite, quando acontecem os espetáculos (é apenas um por noite) que todos convergem pro mesmo lugar. E aí é preciso exercitar o espírito natalino.

Nós escolhemos três espetáculos: o Grande Desfile de Natal, a Fantástica Fábrica de Natal e o Nativitaten.

Parada de Natal Gramado  Natal Luz em Gramado: todas as dicas (e alguns alertas) quando estiver lá com as crianças!

O deslumbrante “Grande Desfile de Natal”. Crédito da Foto: Catarina Donda

 

Desfile Natal de Luz Gramado Natal Luz em Gramado: todas as dicas (e alguns alertas) quando estiver lá com as crianças!

O Grande Desfile de Natal. Crédito da Foto: Catarina Donda

O primeiro acontece em uma das principais avenidas da cidade, que tem alguns quarteirões interditados para a apresentação. É um espetáculo encantador, com carros alegóricos, patinadores, dançarinos, artistas em pernas de pau, muita música, luzes e até neve de espuma. É mais de uma hora de desfile, encerrado por um show de fogos de artifício: uma hora que a gente nem vê passar, deslumbrado que fica admirando tudo aquilo. Adoramos!

(Um detalhe curioso foi uma árvore gigantesca de Natal que fica na rotatória bem no meio do trajeto do desfile, no cruzamento da Av. das Hortênsias com a Borges de Medeiros. Poucos minutos antes do espetáculo começar, ela é rapidamente desparafusada do chão e empurrada, sobre suas rodinhas, para um canto do cruzamento atrás das arquibancadas.)

O segundo show foi a Fantástica Fábrica de Natal, que acontece em um imenso teatro coberto, montado próximo ao Lago Negro. É um lindo musical que conta a estória de uma menina que realiza o sonho de conhecer a fábrica de brinquedos de Papai Noel. Canções executadas ao vivo, com o acompanhamento de orquestra; números de balé e acrobacia e um cenário primoroso são elementos da peça, que dura também pouco mais de uma hora.

Musical A fantástica Fábrica de Natal Gramado Natal de Luz Natal Luz em Gramado: todas as dicas (e alguns alertas) quando estiver lá com as crianças!

Musical “A Fantástica Fábrica de Natal”. Crédito da Foto: Catarina Donda

O terceiro espetáculo que escolhemos, o Nativitaten – uma ópera que conta a história da criação do mundo e do nascimento de Cristo, encenada no Lago Joaquina Rita Bier com jogos de luzes, chafarizes e fogos de artifício – nós infelizmente não conseguimos assistir. Culpa do Murphy, aliado a São Pedro: um temporal desabou aos primeiros acordes da música e o show, que é ao ar livre, teve de ser cancelado. Nosso único consolo foi ter chegado ao hotel antes do granizo cair.

Partes não tão legais:

No dia seguinte, enfrentei mais de uma hora de fila na bilheteria do Natal Luz, sob um sol escaldante, para solicitar o reembolso dos ingressos – prática adotada pelo festival quando os shows são cancelados por mau tempo. E neste processo tive minha primeira decepção com os serviços em Gramado:

  • Em primeiro lugar, a fila quase não se movia pois cada um que chegava ao guichê tinha de preencher uma ficha de solicitação de reembolso, com seus dados e informações sobre quantidade e valor dos ingressos – algo que poderia ser otimizado se distribuíssem o formulário na fila para que as pessoas já chegassem no guichê com ele preenchido.
  • Depois, a diferença de tratamento: quem havia comprado seu ingresso na bilheteria recebia o dinheiro de volta na hora. Já os que compraram pela internet, com antecedência, se deram mal – entre eles eu.

Saímos de lá com um protocolo carimbado e a promessa de que eles entrariam em contato “no mesmo dia” com a Ingresso.com para que ela estornasse em nossos cartões de crédito o valor pago. Ainda não entendi porque a intermediação, se o valor das taxas de conveniência – que são a remuneração da Ingresso.com – não é devolvido, e sim o valor do ingresso, dinheiro este que é do Natal Luz.

O fato é que levou mais de um mês até que fosse feito o registro do estorno na fatura do meu cartão.

Por fim, uma crítica construtiva que eu gostaria de fazer ao sistema de venda de ingressos:  que fosse adotada a venda com assento marcado, como já é feito para cinemas e teatros Brasil afora. Isto porque a venda é feita por seção, mas como as seções são muito grandes, você é obrigado a chegar com pelo menos uma hora de antecedência para garantir um bom lugar na sua seção (dependendo do espetáculo, pode significar sentar umas dez fileiras na frente, por exemplo). Espera penosa quando inclui distrair as crianças por todo esse tempo.

Minha conclusão é que o Natal Luz é lindo, vale a pena conhecer, mas se encaixa na categoria “viu-tá-visto” (ao contrário de Gramado, que vale a pena revisitar muitas vezes – porém em épocas mais tranqüilas do ano). Não sei se é meu ascendente Touro, que adora conforto, mas para mim filas longas, longas esperas, multidões e engarrafamentos tiram muito da graça dos mais maravilhosos programas. Mas, repito, essa é uma opinião pessoal: Natal Luz em Gramado é como réveillon na praia: tem gente que volta todo ano. Pra mim, adorei, mas viu-tá-visto.

Hospedagem

Após consultar três agências de viagens, fechei com a CVC um pacote de aéreo e hospedagem. O pacote no Serrano Resort com meia-pensão na modalidade “Brasil Fácil” custou o equivalente a um pacote Natal Luz (com aéreo, hospedagem, traslado, tours e ingressos) em hotel de categoria inferior e só café-da-manhã. O que encarece os pacotes (que já são caros nesta época do ano) são os “acessórios” – para ter uma ideia, só o traslado aeroporto-Gramado-aeroporto para três pessoas custa o equivalente a uma semana de aluguel de carro básico. Vale, portanto, fazer com a agência só o básico e cuidar do restante por conta própria.

Quanto ao Serrano Resort, ficamos satisfeitos: staff atencioso, bem localizado e estruturado, bons restaurantes (especialmente o italiano Forneria e a churrascaria Frontera Sur). Ao ficar em um hotel como este, você abre mão do clima intimista e aconchegante de uma pousada. Mas, por outro lado, conta com serviços como a recreação infantil, super aprovada pelo nosso filhote. Conclusão: para um casal, talvez uma pousada romântica seja mais interessante, mas para um casal com filhos um esquema como este é uma boa pedida, pois você pode contar com um entretenimento para as crianças na hora de fazer umas comprinhas, ter um jantar romântico ou até mesmo tirar aquela soneca após o almoço…

Se você quiser fazer sua reserva direto lá, clique aqui.

Locomoção

quando se trata de Serra Gaúcha, alugar um carro é, na minha opinião, a melhor relação custo-benefício. Tudo é muito bem sinalizado, as cidades são pequenas e você se locomove facilmente, fazendo sua própria programação. Em excursão, perde-se tempo por conta do grupo e os focos são prioritariamente as compras, ao invés dos aspectos culturais e dos atrativos turísticos propriamente ditos. Já nos passeios às vinícolas, vale pensar num tour ou traslado, para poder aproveitar todas as degustações sem perigo. E, seguindo a linha “se dirigir não beba”, aproveite que a maioria dos restaurantes oferece serviço gratuito de traslado e deixe o carro no hotel na hora do jantar. É só ligar que eles te buscam e depois levam de volta.

Se você pensa em alugar um carro em Gramado, veja aqui boas cotações de preço, com desconto, para as datas desejadas!

Clima

nesta época do ano (primavera-verão), o melhor é ir prevenido pra tudo, o que pode significar na Serra Gaúcha calorão de dia e friaca à noite (com eventuais pancadas de chuva). Num espaço de 24 horas, é possível vestir short e gorro de lã, sem estar exagerando em nenhum dos figurinos. Por isso, por mais que você acredite ser impossível usar casaco após o calorão do dia, carregue um pois a chance de precisar dele conforme a noite avança é muito grande. Já com relação à paisagem, esta é a melhor época para apreciar a beleza das hortênsias e dos parreirais: há flores em profusão e as uvas estão em ponto de colheita.

Culinária

Definitivamente, Serra Gaúcha não combina com dieta. Se você pretende restringir calorias, é melhor adiar os planos para depois da viagem ou repensar o seu destino de férias. Tudo é saboroso e as porções, sempre generosas, quase traumáticas. Na Serra Gaúcha, a gastronomia faz parte do turismo e por isso, aproveite as carnes, as seqüências de fondues, os chocolates, vinhos, queijos e produtos coloniais. E embora o Rio Grande do Sul seja a terra do churrasco, não deixe de provar também o frango, que aqui tem uma carne deliciosa. O galeto, aliás, é uma tradição, com várias casas especializadas.

Descontos

Clientes Bradesco têm pré-venda exclusiva de ingressos para o Natal Luz, via internet (www.ingresso.com.br). Clientes Itaú pagam meia entrada em várias atrações do Alpen Park – mas é preciso comprar o ingresso antecipadamente no site www.ingressocomdesconto.com.br. Neste site você também encontra uma lista de parques, separados por região do país, que oferecem 50% de desconto para os correntistas do banco.

E por falar nisso, finanças…

Prepare o bolso. Gramado tornou-se um destino bem caro. E muita coisa tem de ser paga à vista: a imensa maioria das atrações só vende ingressos a dinheiro, e os cartões de crédito, débito e cheques acabam mesmo ficando só para as lojas e restaurantes. Lembre, portanto, de passar no caixa eletrônico antes de começar os passeios. O outro ponto relativo a este tema refere-se aos ingressos do Natal Luz: o desfile, por exemplo, pode ser visto do cruzamento da avenida das Hortênsias com a Borges de Medeiros, por fora da área paga; o musical e a ópera também podem ser assistidos de longe por quem não comprou ingresso. Mas, nesse caso, optar pelo “jeitinho brasileiro” é se sujeitar a perrengues e ainda correr o risco de não conseguir assistir ao espetáculo. Tem de chegar muuuito mais cedo ao local para pegar um lugar que garanta alguma visão – e no caso do desfile, ainda ficar de pé o tempo inteiro e correr o risco de, na hora do show começar, ter a “árvore-rotatória” colocada bem na sua frente. Por isso, vale a pergunta: se foi até lá, vai economizar justo no ingresso?

Profissional de comunicação, esposa e mãe multitarefa. Para não negar o sobrenome, também sou adepta do "dondear" por aí. Adoro música, livros, viagens, História. Se puder viver tudo isso em família, então, melhor ainda! Uma amiga certa vez me disse: "Desta vida, só se leva o que a gente viaja e o que a gente come". Nunca mais esqueci. Além da interpretação literal da frase (que não inclui se empanturrar, mas sim apreciar uma boa mesa com moderação rs), a declaração resume, para mim, o investimento em momentos inesquecíveis ao lado das pessoas que amamos, experiências cujas lembranças se tornam o nosso maior patrimônio.

    Siga-me

Comentários do Facebook

Comentários do Blog - 32 Comentários

  1. Jane Lara Grosso

    Catarina, adorei todas as dicas!!!
    Só uma perguntinha, quantos dias de viagem você indica tanto para curtir o Natal Luz como a região quando estiver com criança?
    Bjos.

    • Catarina Donda

      Olá Jane,
      Fico feliz que você tenha gostado! Quanto ao tempo de estadia, eu passei uma semana dessa última vez. Dá pra ver tudo do Natal Luz e ainda fazer bastante coisa por Gramado e arredores. Se não tiver uma semana, tente pelo menos cinco dias. Mas se você tiver ainda mais tempo pra ficar – uns dez dias – vale a pena, para aproveitar tudo o que a região oferece com calma. Bjs!

      • Jane Lara Grosso

        Oi, Catarina!
        Muito obrigada pela dica.
        Bjos.

  2. Karla Alves Leal

    Oi, Catarina! Parabéns pelo post, bem explicativo e informativo.
    Voltei de Gramado recentemente e assino embaixo do que você escreveu. A minha dúvida era realmente sobre o Natal luz, compro ou não compro ingressos, multidão e tal.

    Acho que tá tudo explicado aqui! ;)

    Beijos,
    Karla
    Cariocando por aí

  3. Vanila

    Olá Catarina,

    Pretendo ir para Gramado em novembro com um bebê de 1 ano de idade.
    Quais passeios e espetáculos vc recomenda e quais você não recomenda fazermos com ele? Iremos eu, meu marido e o baby.
    Grata,

    Vanila

    • Catarina Donda

      Olá Vanila,

      Dos espetáculos principais, creio que o mais indicado para o seu filho seja o Grande Desfile de Natal. Por ter apenas um ano, talvez ele possa se assustar com os fogos de artifício que fazem parte do Nativitaten e não tenha muita paciência para acompanhar A Fantástica Fábrica de Natal, principalmente se sentar longe do palco. Mas a programação do Natal Luz, que começa geralmente em 15 de novembro, tem muitas outras atrações, inclusive apresentações curtas de música e teatro, que ele pode aproveitar. É só vc pegar a programação em um dos postos de informações turísticas. De resto, acho que dá para aproveitar quase todas as outras atrações permanentes de Gramado, Canela e região (tirando, é claro, os esportes radicais!). Lembre de levar (ou alugar) um carrinho e, se você tiver um DVD portátil ou tablet para distraí-lo com um filminho nas horas em que o passeio não estiver tão interessante pra ele, melhor ainda! Bjs e boa viagem!

  4. Geremias Bispo

    Olá amigos! Gostei muito de Gramado é bem difirente daqui do Nordeste. Fui com a familia lah e acho que vale a pena entrar em http://www.rodoviariasbrasil.com.br, onde sempre há boas informações sobre onibus e dos terminais do pais, pois final di ano é dureza encarar as passagens aereas que encarecem sempre e muito pesado para pagar para toda a familia. Os onibus estao sendo mais confortáveis e saem mais de 60% mais em conta. Gostei do nome do blog e continuem pondo mais roteiros! Abraço

  5. Zaca

    Fala aê Cat, sou eu, Cheiroso…. Vamos para lá no feriado de 1º de novembro e devemos ficar até dia 7…. Como é a disponibilidade de caixas eletrônicos na cidade? Tem muitos ou é meio restrito? Meu banco é Santander e Itaú.

    Bj

    • Catarina Donda

      Oi Zaca! Conforme tínhamos conversado no Facebook – mas só pra deixar registrado aqui – a maioria dos caixas eletrônicos fica no centro de Gramado, e os dois bancos têm agências na Av. Borges de Medeiros. Bjs e boa viagem!

  6. Julyana

    Ola, e em relação aos setores dos ingressos? Quais vc comprou? Quais vc recomenda?

    • Catarina Donda

      Oi Julyana,

      No caso do Grande Desfile de Natal, praticamente todos os lugares são bons, então acho que não compensa muito pagar mais por um camarote, por exemplo. No Nativitaten, eu comprei arquibancada também (não lembro a letra correspondente ao setor). Como são vários palcos no lago, tentei equacionar a melhor vista possível analisando o mapa de lugares. Já na Fantástica Fábrica de Natal, comprei um setor de cadeira central, mas como os setores são muito grandes, tem de chegar cedo pra não sentar muito longe do palco – pode resultar em várias fileiras de diferença!

  7. Tatiana Sanches

    oi catarina, adorei as dicas…queria aproveitar pra tirar uma duvida com vc, em relaçao a compra dos ingressos pelo site, vc optou por entrega a domicilio natal luz?? eu tentei essa opcao mas na hora de preencher o endereço de entrega natal luz, fui preencher o da pousada e n tinha a opçao Gramado em cidades, fiquei tao em duvida., como vc fez? levou o voucher e pegou nas bilhetreias?? minha preocupaçao tbm sao as filas.. petrda de tempo.. vou com meu marido e filha de 2 anos.

    • Catarina Donda

      Oi Tatiana,

      Como comprei com bastante antecedência, optei pela entrega em domicílio e recebi os ingressos em casa. Realmente é bem mais prático do que enfrentar as filas! Não tenho certeza do prazo de entrega deles, mas que eu me lembre é algo em torno de 20 dias, então você pedindo agora dá tempo de receber.

  8. ivana

    Olá, para o Natal luz existe um periodo em que a cidade está mais calma?
    grata.

    • Clarissa Donda

      Olá, Ivana! Tudo bem?
      Olha, a cidade como um todo enche bastante nessa época, então é difícil prever um dia em que ela fique mais calma. Mas já ouvi relatos – embora não sei se é garantido, uma vez que a cada ano muda muito – que nos últimos dias de festival o fluxo de turistas é menor.

  9. Paula

    Olá! Somente o Grande Desfile de Natal, a Fantástica Fábrica de Natal e o Nativitaten são pagos? olhei no site natalluzdegramado e vi que tem 16 atrações, mas não tem essa informação de quais atrações são pagas. Para entrar na Vila de Natal paga?

    Não quero enfrentar filas pq vou viajar com idosos, nesse caso a melhor opção seria a entrega dos ingressos na minha casa para ter acesso direto ao evento, sem a necessidade de trocar numa bilheteria?

    Queria assistir o Nativitaten dia 25 de Dez, tomara que não chova!!

    Não consigo achar venda dos ingressos, será que ainda não estão disponíveis?

    Obrigada pela ajuda. :)

    • Clarissa Donda

      Oi, Paula! Essas três atividades são definitivamente pagas. Porém há muitas gratuitas também, e como todo ano eles mudam um pouco a programação, acrescentando novas atrações, algumas pagas e outras não, pode ser que mude algo para esse ano.
      Mas pelo que eu vi, a programação ainda não está online não, nem a venda de ingressos! Devem começar a divulgar mais novidades lá por setembro, por aí… Tenta ficar de olho por esse site, eles começam a divulgar tudo por aqui: http://www.natalluzdegramado.com.br/.

      Quanto aos ingressos, é melhor optar pela entrega em casa mesmo! :)
      Espero tê-la ajudado!
      Um abraço,
      Clarissa

  10. Gleici Schiavo

    Olá! gostaria de saber a respeito de lugares. Me disseram que nas cadeiras é ruim de assistir pois ficam várias pessoas com a cabeça na frente. em qual setor você ficou? Deu para ver legal?obrigada

  11. Ivanilo Bezerra

    Olá Catarina;
    Primeiramente, quero parabenizá-la pelo blog. Muito bem escrito, além de bastante objetivo!!
    Pretendo realizar um dos muitos sonhos que tenho, que é o de conhecer o Natal Luz de Gramado. Para tanto, estou planejando uma viagem curta (apenas 4 dias) em novembro. Não disponho, infelizmente, de mais dias devido ao meu trabalho e o seu blog me ajudou bastante para montar meu roteiro.
    Sei que não vou ter tempo para ver tudo, mas vou priorizar os 3 espetáculos principais do Natal Luz. Vi no site que já estão disponíveis os ingressos para os correntistas do Bradesco. Será que vai demorar para liberar para os demais? Estou ansioso (rsrsr), afinal apesar de já ter 31 anos, ainda guardo comigo toda a fantasia do período natalino, até meu aniversário é dia 24/12, pode? rsrs
    Mas, enfim, parabéns pelo blog.

    • Catarina Donda

      Olá Ivanilo! Que bom que você gostou do blog!!! Mas, só esclarecendo, a autora do blog é a Clarissa Donda, minha prima querida (sobrenome igual, nome parecido, daí a confusão rsrs). Na verdade eu sou apenas uma colaboradora, escrevendo alguns posts geralmente sobre passeios em família, como este aqui. Tenho certeza de que você irá adorar o Natal Luz! Os ingressos já estão à venda pelo site da Tickets for Fun e quanto maior a antecedência da compra, maiores os descontos.

  12. martha

    Olá, quais as principais roupas que devo levar?!? Como o povo de lá se veste? Mais pra arrumado ou tipo RJ, despojado? e a noite?? despojado ou arrumado? o pessoal anda de salto alto ou rasterinha é o ideal?

    • Catarina Donda

      Martha, como são muitos turistas de várias partes do Brasil, acaba que rolam todos os estilos, então acho que você não precisa se preocupar muito com isso não. Eu sou do Rio e me vesti como se estivesse saindo pra passear aqui. Pessoalmente, não aconselho salto alto, porque você vai andar bastante; e as sandálias rasteirinhas, embora mais confortáveis, acabam machucando os pés após horas batendo perna. Calça jeans, short, camisetas e blusinhas com tênis, sapatilha ou bota sem salto funcionam bem. Para assistir às apresentações do Natal Luz à noite, dá pra incrementar o visual com lenço, cachecol e outros acessórios, se você quiser. Até uma jaqueta de couro, porque de noite costuma esfriar.

  13. Rossana

    Ei Catarina,

    Estou indo para Gramado de 20/12 a 25/12. Sobre a apresentação A Fantástica Fábrica de Natal, vale a pena comprar o Tapete Vermelho??? Estou indo com duas meninas de 4 anos e outra de 11 anos, inclusive será no dia do aniversário de uma delas. As condições de ficar no Tapete Vermelho vale o preço??? Pois gostaria que fosse um dia especial para elas, mas estou com muita dúvida, se é realmente diferente esta categoria. Outro dúvida, no hotel que ficarei não terá Ceia de Natal, onde passar a noite de 24/12, lembrando que estarei com as duas meninas. Grande Abraço!!

    • Catarina Donda

      Olá Rossana, quando assisti a Fantástica Fábrica de Natal não comprei o Tapete Vermelho, fui na seção de cadeiras mesmo, portanto não posso opinar se vale a pena. Se sua questão for apenas pela localização, dá pra ver bem das cadeiras, principalmente se você comprar na seção mais próxima ao Tapete Vermelho e chegar cedo para pegar um bom lugar (quando fui, as cadeiras não eram marcadas, você só garantia a seção). Já no Tapete Vermelho a acomodação é em camarote e você chega uma hora antes para encontrar os artistas do show, com direito a coquetel, espumante e outras bebidas, além de estacionamento e banheiro privativo. Cabe a você avaliar se vale a pena pagar uma diferença de mais de 100% no ingresso, tendo em vista seu perfil e das meninas.
      Com relação à ceia de Natal, o Gramado site traz algumas dicas de restaurantes: http://www.gramadosite.com.br/estilo/noclimadonatal/gramadosite/id:21114. Você também poderá obter mais informações no Centro de Informações Turísticas de Gramado (há um quiosque no centro da cidade). Boa viagem!

  14. Tatiana Sanches

    Rossana, li seu comentário e vim aqui responder o que achei da fantástica fabrica: fui ano passado com meu marido e com minha filha de 3 anos.. Sentei numa localização n muito boa.. O q aconteceu foi que não ficamos ate o final, pois o espetáculo n se tornou tao interessante por conta da localização.. Não sei mas, no ano passado não vi nada sobre tapete vermelho, mas acredito que seja alguma coisa do tipo melhorar a posição! Ja o espetáculo do desfile foi maravilhoso!!! Inesquecível!!! Ela e nós adultos ficamos encantados!! Ahh.. Fui na época de 9/12 e fez muito frio!!!

    • Rossana

      Ei Tatiana,
      Valeu pelas informações!!!! Principalmente sobre o frio, pois estarei com as pequenas. Outro detalhe, você lembra qual foi sua localização para assistir a Fantastica Fabrica de Natal????? Estou vendo cadeiras ou talvez o Tapete Vermelho!!!
      Grande abraço.

  15. Tatiana Sanches

    Arquibancada normal!! Você vai ver que nesse espetáculo não tem diferença pois é um desfile,então todo o percurso é cercado de arquibancadas , só no começo q ficam as cadeiras… Mas n faz diferença pois vc vê tudo passar igualzinho e com a mesma distancia.

  16. Thais

    Olá Catarina! Quero agradecer a vc e a sua prima Clarissa pelas dicas de Gramado, anotei tudinho! rs Espero q me ajude em Dezembro deste ano… :)
    Gostaria de saber onde vcs alugaram/com qual empresa o carro que usaram em Gramado.
    Obrigada,
    Thaís RJ
    OBS: Já add a pág. no Facebook.

    • Catarina Donda

      Olá Thais! Que bom que gostou das dicas! No aeroporto de Porto Alegre há várias locadoras de carro. Eu reservei antecipadamente pela internet e aluguei pela Unidas, pois na época havia desconto de 50% para passageiro da Gol. Ao pesquisar qual a melhor locadora para você, verifique também se há desconto para o seu cartão de crédito e se você pode trocar milhas por diárias. Além disso, alguns cartões já cobrem o seguro do carro caso você os utilize para pagar o aluguel, eliminando a necessidade de contratar o seguro da locadora.

  17. Jurema

    Olá Catarina, tudo bem? Estou pensando em ir ver esse Natal Luz tão falado, mas estou na dúvida se o melhor seria ir em Dezembro mesmo ou deixar para início de janeiro, após o Ano Novo, o que acha? Agradeço,
    Jurema.

  18. RICARDO

    Tudo bem Catarina? Excelentes dicas sobre o Natal Luz.

    Pois bem, estou indo assistir com a família o Natal Luz agora no feriado do dia 15/11, pela primeira vez, só que não sabia como é a programação e principalmente os ingressos. Nos dias que estaremos por lá o Gde. Desfile e o Nativen, já estão todos esgotados no site. Será que eu acho em Gramado locais de compra com os BONS E VELHOS CAMBISTAS? Você viu eles por lá? E o preço que cobram é muito acima do valor normal? Gde. abraço parabéns e FELIZ NATAL.

  19. Iva Lopes

    Show de bola as dicas!! Quase um papo de mãe para mãe – rs adorei!! ;)
    abs

Deixe seu Comentário